quarta-feira, 25 de março de 2009

Os desastres de Sofia


Em 1931 Vieira da Silva oferece a Violante Canto da Maya (então com oito anos) o livro da Condessa de Ségur Les malheurs de Sophie (Os desastres de Sofia) substituindo as ilustrações de A. Pécoud por imagens por si criadas, recortadas e coladas na edição original, retomando o hábito que tinha em criança de cobrir a aguarela as gravuras que ilustravam os livros.
Lembram-se deste livro?A história da abelha que Sofia corta com o seu canivete de madrepérola...

1 comentário:

Mariana & Roberta disse...

Adorei este livro...é um dos livros da minha infância...
Vou colocar um destes dias um post sobre ele...
obrigada por o colocar no seu blog e nos fazer relembrar dele...